vinho, escravo da geologia

Tim Marshall, num recente livro publicado em Portugal, Prisioneiros da Geografia, explica-nos o que somos pelo substrato (geografia).

E o vinho? Será que o vinho, para além da casta, do clima, do terroir e do enólogo é uma expressão da geologia?

Aqui bem perto de Évora, há 2000 anos, os romanos disseram-nos que sim.

coisas de vinho, 10ª edição

vinhos que pensam

os vinhos têm uma identidade que se reconhece ao abrir uma garrafa.

André Herrera Almeida deixou bem claro que o vinho reflecte quem está por detrás dele; o Torero que nos deu a provar assume, indiscutivelmente, o seu carácter. O vinho e o enólogo, uma harmonia natural.

José Rafael, pela agricultura de precisão e imagem de satélite leva o acto agrícola ao extremo de pré-determinar o vinho que vamos ter na garrafa.

A última palavra vem dos microclimas cambiantes que convivem com uma brutal geodiversidade a que acresce, muitas vezes,  uma notória influência do oceano Atlântico.

Notícia no Diário do Sul de 26 de outubro:

https://www.dropbox.com/s/zze2wrt4cchb4zg/vinhos%20que%20pensam%20-%20coisas%20de%20vinho%2026%20de%20out%20no%20DS.pdf?dl=0

 

vinho e conversa

é já amanhã, dia 26, na UÉv que vamos conversar sobre coisas de vinho e provar um vinho.

18:00, sala de docentes do Colégio do Espírito Santo, UÉv.

 

 

vinho e tabernas

depois de Tabernas do Alentejo – arte e ciência ser um dos 38 projectos, em 600, ganhadores do Orçamento Participativo Portugal Coisas de Vinho voltou em setembro.

voltou em grande com Tiago Cabaço e Francisco Sabino, e o tema Enogastronomia.

fica, desde já, o convite para outubro.

noticia detalhada no Diário do Sul:

https://www.dropbox.com/s/1xgni5ai78zbzif/coisas%20de%20vinho%20e%20tabernas%20do%20alentejo%20DS_25set2017.pdf?dl=0

wine tourism

turismo com alma, aquele que acrescenta valor à nossa terra porque os actores são a nossa gente e os protagonistas os turistas.

turistas de última geração, os que participam e fazem parte da história:

– visita à vinha e breve história geológica – porque razão a mesma planta/casta 50 metros ao lado dá um vinho diferente?;

– apresentação do vinho e prova;

– o sabor do lugar.

  • notícia no jornal Público:

https://www.dropbox.com/s/1rae5rg4n2nn2jb/A%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20-%20P%C3%BAblico%203%20ago%202017.pdf?dl=0

  • descrição da “história da Terra num copo”:

https://www.dropbox.com/s/b64vx0eladyyw56/doc%20de%20apoio%20hist%20da%20Terra%20num%20copo%202017.pdf?dl=0

  •  a “história da Terra num copo”em imagens:

https://www.dropbox.com/s/4wek654a8s1nt6a/a%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20em%20imagens.pdf?dl=0

turismo, pedras e vinho

Ciência no Verão

Universidade de Évora/Centro de Ciência Viva no Verão e Adega de Borba.

Numa breve visita à vinha é possível observar e interpretar alguns episódios da fabulosa história da Terra e tentar transpo-los para o vinho. Na adega procuraremos, no vinho, o sabor do lugar (the taste of the place) . Este é o espantoso mundo da  enogeobiodiversidade  que desejamos viver numa experiência que associa ciência, arte e cultura, através de um simples copo de vinho.

https://www.dropbox.com/s/4wek654a8s1nt6a/a%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20em%20imagens.pdf?dl=0

https://www.dropbox.com/s/7n3329gheugz3p8/tejo%20confraria%20%20carlos%20cupeto%20-22-06-2017.pdf?dl=0

 

 

vinho

Desde outubro do passado ano que levamos a cabo a Coisas de vinho, uma tertúlia que procura contribuir para enaltecer a cultura, a arte e a ciência do vinho. Foram 8 magníficas sessões que nos convidam a comemorar o sucesso.

Coisas de vinho encerra  o ano de actividades na rua – o tema é o vinho no verão.

A oradora é Maria João Cabrita, docente na Universidade de Évora; os vinhos à prova são da Adega Cooperativa da Vidigueira e são apresentados por Luís Leão.

Na Mercearia do Largo, Largo Álvaro Velho (em frente à Pousada da Juventude – antigo hotel Planície), sexta-feira, dia 16, 18:00.

Venha celebrar o vinho e o verão e prove o verão alentejano num copo, partilhe e traga amigos.

 

 

a cultura e o vinho

Do lado de cá do Tejo, há quase um ano, um conjunto de pessoas que representam diversas entidades levam a cabo uma tertúlia mensal sobre o vinho – Coisas de vinho. Antes de tudo convém não ignorar que, neste país de matriz essencialmente rural, a vinha é a cultura agrícola mais importante de Portugal. Li algures que representa cerca de 10% da área agrícola do país. Para além de tudo o resto, magníficas adegas, enologia de grande valia, enoturismo em alta etc., esta dimensão agrícola a montante de tudo é de longe o mais relevante. Poucos temas serão tão transversais e identitários com a cultura e tradição da região onde trabalhamos e vivemos, os patrimónios associados à vinha e ao vinho tenderão para o infinito.

Continue reading

coisas de vinho em Évora

esta é a grande tertúlia do vinho do Alentejo: Coisas de Vinho.

na última quinta feira do mês, um convidado, um tema, e um produtor e um local – o vinho e tudo à volta.

o brilhante Professor Francisco Ramos da Universidade de Évora vai falar do que muito sabe como só ele sabe – verdadeiramente imperdível.

tabernas, arte e ciência.

a boa conversa e um copo de vinho.

sinta-se convidado e convide.

coisas de vinho 3, vinho em família

no passado dia 15, o vinho em família foi o tema da Coisas de Vinho.

 

vídeo Televisão DS:

https://www.youtube.com/watch?v=8YibNuFDW2E&feature=em-subs_digest

 

reportagem no Diário do Sul:

https://www.dropbox.com/home?preview=coisas+de+vinho+-+3+DS+21_12_2016.pdf

 

voltamos dia 26 de janeiro às 18:15 na Rota do Vinho/CVRA com “a importância da Universidade de Évora na vinicultura no Alentejo” com o Prof. João Mota Barroso.

pela cultura e tradição sinta-se convidado e convide os amigos.

 

 

Adaptado de Esquire, de Matthew Buchanan