enoturismo – coisas de vinho

este mês, dia 22, vamos conversar sobre Enoturismo:
José Mateus Ginó (Presidente Executivo da FEA) e António Ceia da Silva (Presidente da Entidade Regional de Turismo)
vinho à prova FEA – Pedro Baptista

o anfitrião é a Fundação Eugénio de Almeida – Adega da Cartuxa – Quinta de Valbom – Évora.
jantar vínico (20:30), inscrição obrigatória, número de pessoas limitado, preço 25€/pessoa:

enoturismo.cartuxa@fea.pt

telef: 266 748 383

(pf divulgue pela sua rede de contactos)

o vinho e (não) alcoolismo

coisas de vinho acontece no dia 25, 18:30,  no Horas Incertas, bar/ restaurante.

os patrimónios à volta do vinho e tudo o resto na tertúlia do vinho no Alentejo.

desejamos que o vinho, esta fantástica bebida relacional, se constitua como uma via para o não alcoolismo.

sinta-se convidado e convide.

 

o vinho e o cristianismo (Coisas de vinho)

dia 14, 18:30 no Évora Hotel cumprimos a 12ª Coisas de vinho.

o vinho e o cristianismo pelo Arqtº José António Falcão (vice-presidente de Europae Thesauri)

vinho à prova – Herdade de São Miguel.

jantar vínico (17,50 €) – inscrição obrigatória para: reservas@evorahotel.pt

sinta-se convidado e convide os seus amigos.

 

vinho, escravo da geologia (festa do vinho e da vinha – borba)

pergunta:

que factores básicos da geologia condicionam o vinho que bebemos?

                                             TODOS

a vinha, como os homens, exprime a geologia, a biodiversidade e a atmosfera do lugar.

o vinho, na verdade, é uma forma de expressão:

– da geologia/geografia;

– da personalidade do enólogo.

vinho, escravo da geologia (apresentação):

https://www.dropbox.com/s/lt1974zmpqgxrx8/carlos%20cupeto%20festa%20do%20vinho%20e%20da%20vinha%202017_pdf.pdf?dl=0

vinho, escravo da geologia

Tim Marshall, num recente livro publicado em Portugal, Prisioneiros da Geografia, explica-nos o que somos pelo substrato (geografia).

E o vinho? Será que o vinho, para além da casta, do clima, do terroir e do enólogo é uma expressão da geologia?

Aqui bem perto de Évora, há 2000 anos, os romanos disseram-nos que sim.

coisas de vinho, 10ª edição

vinhos que pensam

os vinhos têm uma identidade que se reconhece ao abrir uma garrafa.

André Herrera Almeida deixou bem claro que o vinho reflecte quem está por detrás dele; o Torero que nos deu a provar assume, indiscutivelmente, o seu carácter. O vinho e o enólogo, uma harmonia natural.

José Rafael, pela agricultura de precisão e imagem de satélite leva o acto agrícola ao extremo de pré-determinar o vinho que vamos ter na garrafa.

A última palavra vem dos microclimas cambiantes que convivem com uma brutal geodiversidade a que acresce, muitas vezes,  uma notória influência do oceano Atlântico.

Notícia no Diário do Sul de 26 de outubro:

https://www.dropbox.com/s/zze2wrt4cchb4zg/vinhos%20que%20pensam%20-%20coisas%20de%20vinho%2026%20de%20out%20no%20DS.pdf?dl=0

 

vinho e conversa

é já amanhã, dia 26, na UÉv que vamos conversar sobre coisas de vinho e provar um vinho.

18:00, sala de docentes do Colégio do Espírito Santo, UÉv.

 

 

vinho e tabernas

depois de Tabernas do Alentejo – arte e ciência ser um dos 38 projectos, em 600, ganhadores do Orçamento Participativo Portugal Coisas de Vinho voltou em setembro.

voltou em grande com Tiago Cabaço e Francisco Sabino, e o tema Enogastronomia.

fica, desde já, o convite para outubro.

noticia detalhada no Diário do Sul:

https://www.dropbox.com/s/1xgni5ai78zbzif/coisas%20de%20vinho%20e%20tabernas%20do%20alentejo%20DS_25set2017.pdf?dl=0

wine tourism

turismo com alma, aquele que acrescenta valor à nossa terra porque os actores são a nossa gente e os protagonistas os turistas.

turistas de última geração, os que participam e fazem parte da história:

– visita à vinha e breve história geológica – porque razão a mesma planta/casta 50 metros ao lado dá um vinho diferente?;

– apresentação do vinho e prova;

– o sabor do lugar.

  • notícia no jornal Público:

https://www.dropbox.com/s/1rae5rg4n2nn2jb/A%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20-%20P%C3%BAblico%203%20ago%202017.pdf?dl=0

  • descrição da “história da Terra num copo”:

https://www.dropbox.com/s/b64vx0eladyyw56/doc%20de%20apoio%20hist%20da%20Terra%20num%20copo%202017.pdf?dl=0

  •  a “história da Terra num copo”em imagens:

https://www.dropbox.com/s/4wek654a8s1nt6a/a%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20em%20imagens.pdf?dl=0

turismo, pedras e vinho

Ciência no Verão

Universidade de Évora/Centro de Ciência Viva no Verão e Adega de Borba.

Numa breve visita à vinha é possível observar e interpretar alguns episódios da fabulosa história da Terra e tentar transpo-los para o vinho. Na adega procuraremos, no vinho, o sabor do lugar (the taste of the place) . Este é o espantoso mundo da  enogeobiodiversidade  que desejamos viver numa experiência que associa ciência, arte e cultura, através de um simples copo de vinho.

https://www.dropbox.com/s/4wek654a8s1nt6a/a%20hist%C3%B3ria%20da%20Terra%20num%20copo%20em%20imagens.pdf?dl=0

https://www.dropbox.com/s/7n3329gheugz3p8/tejo%20confraria%20%20carlos%20cupeto%20-22-06-2017.pdf?dl=0

 

 

Adaptado de Esquire, de Matthew Buchanan