solidão

os Cartuxos deixam Évora e Portugal, depois de mais de 400 anos embora não contínuos. “Falamos a Deus dos homens”, disse ontem na despedida o Padre Antão Lopez em Évora.

8+8+8 h de oração, trabalho e descanso; assim é o dia do Cartuxo, em solidão para chegar ao silêncio. “O mais difícil é quebrar a normalidade” – afinal há normalidade.

simplicidade é o segredo da vida feliz.


Deixe uma resposta

Adaptado de Esquire, de Matthew Buchanan