cimeira de NY

ouvi a intervenção do nosso conterrâneo Guterres, brilhante.
honesto ao ponto de confessar que a sua geração falhou…, nós bem o sabemos.
segue-se depois o apontar de tudo o que temos de fazer; quem diria melhor?
falta só dizer como se faz?
sobre isso nem uma palavra. Vai falhar outra vez.
o Prof Marcelo foi na mesma linha e todos os outros assim farão.
não há transição possível, vamos bater no muro de frente e aí sim a coisa muda… se os dinossauros nos pudessem contar como foi…
as lágrimas da gaiata sueca não acrescentam nada, ela disse-o, devia estar na escola, como todos os outros meninos que enchem as avenidas dos países ricos com cartazes coloridos; Guterres, Marcelo, eu e você sabemos o que há a fazer mas estamos bem, até ver, e não fazemos.
entretanto viajamos para onde nos apetece por meia dúzia e Euros e vamos trocando de automóvel… aos costumes disse nada!
haja paciência.

Deixe uma resposta

Adaptado de Esquire, de Matthew Buchanan